Locais a visitar em Povoação – Ilha de São Miguel

Tempo de leitura: 10 minutos | Ilha de São Miguel

A Povoação é um Concelho e sede de município subdividido em 6 freguesias, na Ilha de São Miguel. A vila é rica não só em belezas naturais como em património histórico-cultural.

Nesta localidade o visitante pode usufruir de banhos terapêuticos em águas termais, fazer diversos trilhos no meio da rica vegetação, assim como banhar-se em praia de água tépida e ver fantásticas cascatas de água gelada ou observar a exuberância da sua fauna e flora. São inúmeros locais privilegiados para o ecoturismo e harmonia com a natureza.

Vista do Miradouro da Lomba do Cavaleiro, Povoação
Vista do Miradouro da Lomba do Cavaleiro, Povoação
Fotografia de ByAçores

Abaixo os principais pontos a não perder na Povoação, durante a sua estadia na Ilha de São Miguel:

Caldeiras das Furnas

Caldeiras – Furnas
Caldeiras – Furnas
Fotografia de Paulo Moniz

As Caldeiras das Furnas são pequenas lagoas de água da chuva formadas nas crateras do vulcão adormecido. Estas originam-se quando, após a erupção, a parte superior do cone do vulcão entra em colapso. Com o tempo, a água da chuva vai acumulando e como há intensa atividade vulcânica no seu interior, faz a água borbulhar, atingindo temperaturas elevadas.

Caldeiras da Furnas
Caldeiras da Furnas
Fotografia de Mário Ramalheiro

Algumas dessas caldeiras emitem também vapores com gases junto à mistura, são as famosas fumarolas.

Lagoa da Furnas

Lagoa das Furnas – Vista aérea
Lagoa das Furnas – Vista aérea
Fotografia de Lchacal

A Lagoa das Furnas está localizada dentro da antiga cratera do Vulcão das Furnas. Numa das suas margens existem caldeiras com temperaturas que vão dos 66 aos 93 graus, sendo que algumas são formadas de lama e outras de água límpida. Apesar de não haver projeção de água, elas estão em constante ebulição.

Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Nuno Vieira

Toda a lagoa pode ser percorrida a pé, sendo de um lado estão as fumarolas com águas borbulhantes e do outro está a Ermida de Nossa Senhora das Vitórias, o Centro de Monitorização e Investigação das Furnas e o Jardim da Lagoa das Furnas. O passeio à beira da Lagoa, com as suas margens floridas e muito verdes é imperdível.

Caldeiras da Lagoa das Furnas

Fumarolas, Lagoa das Furnas
Fumarolas, Lagoa das Furnas
Fotografia de ByAçores

Tal como referido no ponto anterior, junto à Lagoa das Furnas está a maior manifestação vulcânica da ilha de São Miguel, com muitas caldeiras, fumarolas e cheiro de enxofre. É também nesta zona que é confecionado o famoso e tradicional cozido das Furnas.

Buracos Cozido das Furnas
Buracos Cozido das Furnas
Fotografia de ByAçores

Próximo ao meio dia, os responsáveis pelos restaurantes vão até às fumarolas desenterrar as suas panelas com o tradicional cozido. Todo este processo começa bem cedo quando as panelas são enterradas em buracos debaixo de terra. Saiba mais sobre o processo de confecção do Cozido das Furnas nesta página.

Centro de Monitorização e Interpretação da Lagoa das Furnas

O Centro de Monitorização e Investigação das Furnas (CMIF) está localizado na margem sul da lagoa das Furnas e foi inaugurado em 2011, com o intuito de divulgar as ações de recuperação da água e do ecossistema da lagoa das Furnas.

Sua infraestrutura é composta de uma área de acolhimento ao visitante destinada à realização de exposições interativas e um auditório para a realização de workshops e seminários. Sua área exterior possui uma zona de merendas, instalações sanitárias e um ricos espaço verde com visão privilegiada sobre a lagoa.

Horário

01 de Novembro a 31 de Março
terça a domingo | feriados  das 10h00 às 17h00
encerrado > segunda-feira

01 de Abril a 31 de Outubro
todos os dias das 10h00 às 18h00

Horário de Visitas Guiadas
Mediante marcação prévia.
Duração da visita: 30 minutos
Número de pessoas por visita: 4 – 25

Preço

  • Criança (0 – 6 anos): Grátis
  • Júnior (7 – 14 anos): 1,50 €
  • Adulto (15 – 64 anos): 3,00 €
  • Sénior (+ 65 anos): 1,50 €
  • Família (2 adultos e filhos até 14 anos): 6,00 €
  • Residentes na RAA*: Grátis

*Mediante apresentação do Cartão de Cidadão.
Crianças até aos 12 anos devem apresentar-se acompanhadas por um adulto.

Ermida de Nossa Senhora das Vitórias

Capela Nossa Senhora das Vitórias – Furnas
Capela Nossa Senhora das Vitórias – Furnas
Fotografia de Nuno Vieira

A Ermida de Nossa Senhora das Vitórias é um belíssimo exemplar do estilo neogótico e está situada na margem poente da Lagoa das Furnas. Foi mandada construir no final do século XIX pelo intelectual José do Canto, como promessa de melhora de sua esposa que encontrava-se gravemente enferma.

Tanto José do Canto como a sua esposa encontram-se aí sepultados. Saiba mais sobre a Capela de Nossa Senhora das Vitórias >

Mata-Jardim José do Canto

Mata Jardim José do Canto - Furnas

A Mata-Jardim José do Canto foi plantada no início do século XIX e originalmente ocupava uma área de cerca de 600 hectares. Após a morte do seu fundador, a propriedade foi dividida pelos herdeiros, mas continua a cobrir 120 hectares a sul da Lagoa das Furnas.

A mata conta com uma impressionante coleção de camélias ao longo das suas alamedas, além de imensas árvores, algumas indígenas e outras de regiões temperadas e subtropicais. Adentrando o curto trilho até a azinheira, há uma perspectiva única da lagoa.

Parque Terra Nostra

Lago de nenúfares – Parque Terra Nostra
Lago de nenúfares – Parque Terra Nostra
Fotografia de Sol Carvalho

O Parque Terra Nostra é um jardim botânico datado do século XVIII, localizado no Vale das Furnas e anexo ao hotel Terra Nostra. Neste parque encontra-se uma das maiores coleções do mundo de camélias (com mais de 600 exemplares de diferentes espécies e cultivares) e a maior coleção da Europa de Cycadales.

Parque Terra Nostra I
Parque Terra Nostra I
Fotografia de Lchacal

No seu agradável espaço, o visitante poderá encontrar a flora endémica dos Açores assim como plantas nativas de outros países. Há caminhos agradáveis ladeados por lagos e com plantas nas suas distintas fases de crescimento.

Alamedas coloridas com flores exóticas encantam os visitantes e novos projetos estão sempre em desenvolvimento de forma a garantir a preservação deste parque único e de beleza exuberante.

Parque Terra Nostra
Parque Terra Nostra
Fotografia de Nelson Merenda

É também neste local que encontra o famoso e enorme tanque de água quente termal, assim como pequenas áreas de jacuzzi igualmente com águas quentes termais.

Jacuzzi Parque Terra Nostra I
Jacuzzi Parque Terra Nostra I
Fotografia de Lchacal

Poça da Dona Beija

Poça da Dona Beija – Interior
Poça da Dona Beija – Interior
Fotografia de Lchacal

A Poça da Dona Beija é um espaço único de lazer e relaxamento em águas quentes termais provenientes de uma nascente férrea. É um dos locais mais visitados e antigamente era conhecida como Poça da Juventude.

Dona Beija
Dona Beija
Fotografia de Ana Sousa

As suas águas chegam perto dos 40 graus e os seus tanques foram construídos no início do século XXI. Atualmente, encontra-se dividida em 5 tanques com diferentes profundidades e temperaturas médias, denominadas de Ribeira, Serena, Mística, Convívio Thermae e Meditação.

Poça Dona Beija by night
Poça Dona Beija by night
Fotografia de Bruno Sousa

O seu nome tem origem numa novela brasileira onde a personagem principal, a ”Dona Beija”, tomava banho em uma cachoeira.

Parque Florestal das Furnas

Parque Florestal das Furnas

(C) Direção Regional dos Recursos Florestais

O Parque Florestal das Furnas é um amplo espaço verde, com muitos carvalhos, castanheiros e uma grande produção de Criptomeria japonica. No parque há um posto aquícola para a criação de trutas arco-íris que depois são transladadas para o repovoamento de outras lagoas e ribeiras da Ilha.

O visitante pode observar vários tanques com trutas em diferentes fases de crescimento, além de avistar veados, pavões e faisões.

Museu do Trigo

(C) CM Povoação

Devido à sua grande tradição na produção de trigo, Povoação recebeu o apelido de “Celeiro da Ilha”. O Museu do Trigo surgiu em 2004 da reconstrução de um antigo moinho hidráulico, entre a Lomba do Alcaide e a Lomba do Loução.

A sua construção é de meados do século XIX e não funciona há mais de trinta anos. O Museu tem o objetivo de preservar a memória dos antigos ofícios e os visitantes podem apreciar os instrumentos tradicionais utilizados na ceifa do trigo e uma exposição permanente com painéis alusivos ao cultivo de cereais na Ilha.

Horários

De segunda a sexta das 09h00 às 17h00
Sábados, Domingos e Feriados das 11h00 às 16h00

Ribeira Quente

Ribeira Quente – Vista Aérea
Ribeira Quente – Vista Aérea
Fotografia de Lchacal

Ribeira Quente é uma freguesia de Povoação, está localizada quase ao nível do mar e divide-se em dois aglomerados habitacionais: o da Ribeira e o do Fogo. Cada qual com suas particularidades e interesses específicos para os visitantes.

O seu nome provém da sua ribeira de águas mais quentes. Na Ribeira Quente, o visitante também pode encontrar uma bela cascata de origem termal, a Cascata da Ribeira Quente.

Costa Ribeira Quente, Povoação
Costa Ribeira Quente, Povoação
Fotografia de ByAçores

A cascata está situada numa pequena garganta que as suas águas foram escavando ao longo do tempo e rodeada de vegetação exuberante.

Praia do Fogo – Ribeira Quente

Praia do Fogo, Ribeira Quente
Praia do Fogo, Ribeira Quente
Fotografia de ByAçores

A Praia do Fogo está localizada na costa sul da Ribeira Quente, a cerca de 7 quilómetros da vila das Furnas. O areal fica junto a uma baía onde existem diversas nascentes hidrotermais submarinas.

Em função disso, as suas águas são tépidas (razão do seu nome) e muito frequentadas pelos visitantes. A praia está inserida num cenário de enorme beleza natural, com o verde das montanhas ao fundo e sempre muito convidativa a desfrutar dos dias de verão.

Veja também: As melhores praias da Ilha de São Miguel >

Faial da Terra

Faial da Terra – Vista aérea
Faial da Terra – Vista aérea
Fotografia de ByAçores

O Faial da Terra é uma das freguesias de Povoação e conta com pouco mais de 300 habitantes. A freguesia apresenta artesanato muito rico e variado, seja em rendas e bordados ou cestaria de vime e artefactos de madeira.

Faial da Terra é repleta de natureza e de pontos de interesse para visitar, como a Igreja de Nossa Senhora da Graça e a Ermida de Nossa Senhora de Lourdes, os Moinhos de Água, o Miradouro da Ermida, o Antigo Porto de Pesca da Baleia, o Lugar do Sanguinho e a Cascata do Salto do Prego.

Sanguinho / Salto do Prego – Faial da Terra

Sanguinho
Sanguinho
Fotografia de Mário Ramalheiro

O Sanguinho é um pequeno vilarejo na freguesia de Faial da Terra. Por muitos conhecido com a vila perdida do Sanguinho. Esta está a ser repovoada depois de muitos anos abandonada.

Na pequena vila de arquitetura típica açoriana há antigas construções, uma pequena fazenda e uma belíssima vista panorâmica da freguesia de Faial da Terra.

Cascata Salto do Prego – Faial da Terra
Cascata Salto do Prego – Faial da Terra
Fotografia de ByAçores

Seguindo caminho por dentro da mata, chegará à Cascata do Salto do Prego, uma belíssima queda d’água famosa pelas suas águas geladas e cristalinas. O trilho pedestre é rústico mas possui uma boa sinalização, podendo ser feita até mesmo sem guia.

Água Retorta

Água Retorta
Água Retorta
Fotografia de Maria Cota

A Água Retorta é uma pequena freguesia da Povoação com menos de 500 habitantes, recoberta pelo verde das montanhas e das pastagens e com uma belíssima vista para o mar. O seu nome provém de uma ribeira que a atravessa, que “contorce-se” durante o seu percurso.

A pequena freguesia conta com a igreja de Nossa Senhora da Penha de França, edificada no século XIX aproveitando a torre sineira de uma antiga ermida que ali existia, datada do séc. XVII.

Miradouro de Água Retorta
Miradouro de Água Retorta
Fotografia de Nuno Vieira

Dentre as suas belíssimas paisagens naturais, o visitante pode apreciar um encantador parque florestal, um miradouro com uma bela vista panorâmica sobre a freguesia, as povoações vizinhas e sobre o mar, um jardim público e um rico património edificado, entre os quais a igreja matriz.


Povoação é uma localidade rodeada por uma incrível e exuberante vegetação, com uma fauna muito rica e um local para quem procura muita tranquilidade no meio da natureza. Os seus pontos de interesse agradam a todos os públicos em função da diversidade de possibilidades.

Veja também: Locais a visitar na Ilha de São Miguel >


Promoções de Viagens para os Açores