Lagoa das Furnas – Povoação, Ilha de São Miguel

Tempo de leitura: 6 minutos | Ilha de São Miguel

Publicidade

A Lagoa das Furnas fica localizada na freguesia de Furnas, no concelho de Povoação, Ilha de São Miguel. Conta com abundante vegetação e paisagens floridas que encantam os turistas tanto pela beleza quanto pela paz de espírito que transmite.

A Lagoa é rodeada de intensas manifestações vulcânicas, mas não há com o que se preocupar! Apesar de existirem 5 vulcões considerados ativos na Ilha, todos estão adormecidos, sendo que a última erupção do Vulcão das Furnas foi em 1630.

Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Nuno Vieira

Nas suas margens preparam-se o tradicional Cozido das Furnas (carnes variadas e legumes cozinhados numa panela que é colocada nos buracos existentes na zona das fumarolas e debaixo de terra).

A Lagoa das Furnas

A Lagoa das Furnas está localizada numa antiga cratera do Vulcão das Furnas. Na sua margem norte possui caldeiras com temperaturas que vão dos 66°C aos 93°C, algumas de lama e as outras de água límpida. Não há projeção de água, no entanto elas estão em constante ebulição. Alerta: Siga sempre as recomendações de segurança e sinaléticas existentes na zona.

Publicidade
Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Sol Carvalho
Fumarolas, Lagoa das Furnas III
Fumarolas, Lagoa das Furnas III
Fotografia de ByAçores

Esta pode ser toda percorrida a pé, sendo que de um lado estão as fumarolas com águas borbulhantes onde são preparados os cozidos e do outro está a Ermida de Nossa Senhora das Vitórias, o Centro de Monitorização e Investigação das Furnas (horários e info abaixo) e o Jardim da Lagoa das Furnas.

Lagoa das Furnas – Vista aérea
Lagoa das Furnas – Vista aérea
Fotografia de Lchacal

O passeio à beira da Lagoa, com as margens floridas e muito verdes vale muito a pena. Pode-se fazer um belo piquenique, passear de barco ou simplesmente admirar a bela paisagem. A arquitetura arrojada do Centro de Monitorização e Investigação, unido à beleza natural dos Jardins e ao estilo neogótico da igreja, tornam o passeio na Lagoa imperdível e de uma beleza muito peculiar.

Publicidade

Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Márcia Azevedo

As Caldeiras / fumarolas

As caldeiras são pequenas lagoas de água da chuva formadas nas crateras do vulcão adormecido. Estas foram originadas quando, após a erupção, a parte superior do cone do vulcão entra em colapso. Com o tempo, a água da chuva vai acumulando e como há intensa atividade vulcânica no seu interior, faz a água borbulhar, atingindo temperaturas elevadas.

Fumarolas – Lagoa das Furnas
Fumarolas – Lagoa das Furnas
Fotografia de ByAçores

Algumas destas caldeiras emitem também vapores com gases junto à mistura, são as famosas fumarolas. Ficam bem no centro da freguesia e junto à Lagoa a maior hidrópole do mundo, com a maior manifestação vulcânica da ilha de São Miguel, muitas caldeiras, fumarolas e cheiro de enxofre.

Fumarolas, Lagoa das Furnas II
Fumarolas, Lagoa das Furnas II
Fotografia de ByAçores
Fumarolas, Lagoa das Furnas
Fumarolas, Lagoa das Furnas
Fotografia de ByAçores

Uma das alturas do dia mais interessante de visitar a Lagoa das Furnas é próximo do meio dia, quando os responsáveis pelos restaurantes vão até às fumarolas desenterrar as suas panelas com o tradicional Cozido das Furnas. Todo este processo começa bem cedo quando as panelas são enterradas em buracos construídos nas fumarolas. Permanecem enterradas cerca de 6 a 7 horas cozinhando no vapor e são abertas ao meio dia e distribuídas nos restaurantes.

Fumarolas, Lagoa das Furnas IV
Fumarolas, Lagoa das Furnas IV
Fotografia de ByAçores

Todo este processo é muito curioso para quem não reside no local e atrai muitos turistas. Não há como visitar a Lagoa das Furnas e ver e experimentar o Cozido das Furnas. Veja aqui a listagem de restaurantes onde poderá apreciar este prato.

Fumarolas, Lagoa das Furnas IX
Fumarolas, Lagoa das Furnas IX
Fotografia de ByAçores
Fumarolas, Lagoa das Furnas VI
Fumarolas, Lagoa das Furnas VI
Fotografia de ByAçores

Capela de Nossa Senhora das Vitórias

Outro destaque da Lagoa das Furnas é a Capela de Nossa Senhora das Vitórias, localizada numa das suas margens. Esta igreja foi inaugurada no dia 15 de agosto de 1886 imitando as grandes catedrais europeias.

Publicidade

Capela Nossa Senhora das Vitórias – Furnas
Capela Nossa Senhora das Vitórias – Furnas
Fotografia de Nuno Vieira

Com um estilo neogótico muito original, a capela foi destinada a ser Mausoléu do intelectual José do Canto. Ainda em vida mandou-a construir como promessa de melhora de sua esposa, que encontrava-se gravemente enferma. Como a igreja foi construída nos arredores da sua casa de veraneio, ambos foram sepultados lá. Saiba mais sobre a história da Capela de Nossa Senhora das Vitórias, neste artigo.

Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Hugo Sousa

Centro de Monitorização e Investigação das Furnas

Centro de Monitorização e Investigação das Furnas

No Centro de Monitorização e Investigação das Furnas (denominado CMIF) poderá ficar a saber mais sobre a história e evolução do Vulcão das Furnas, assim como o trabalho realizado na intervenção do Laboratório de Paisagem para proteger e recuperar os ecossistemas na área de paisagem protegida.

Horário

De 01 de Novembro a 31 de Março
terça a domingo | feriados > 10h00 – 17h00
encerrado > segundas | 1 janeiro | terça Carnaval | domingo Páscoa | 25 dezembro

De 01 de Abril e 31 de Outubro
todos os dias > 10h00 – 18h00
encerrado > domingo Páscoa

Publicidade

A entidade gestora reserva-se o direito de fechar o estabelecimento, conforme as condições meteorológicas.

Horário de Visitas Guiadas
Mediante marcação prévia.
Duração da visita: 30 minutos
Número de pessoas por visita: 4 – 25

Preços

  • Criança (0 – 6 anos): Grátis
  • Júnior (7 – 14 anos): 1,50 €
  • Adulto (15 – 64 anos): 3,00 €
  • Sénior (+ 65 anos): 1,50 €
  • Família (2 adultos e filhos até 14 anos): 6,00 €
  • Residentes na RAA*: Grátis

* Mediante apresentação do Cartão de Cidadão.
Crianças até aos 12 anos devem apresentar-se acompanhadas por um adulto.

A Lenda da Lagoa das Furnas

Assim como há a explicação geológica para a formação da Lagoa das Furnas, há também uma explicação mitológica.

Conta uma lenda que no local onde hoje está a Lagoa das Furnas, havia uma aldeia muito próspera, com moradores muito felizes. Certo dia, um rapaz foi a uma fonte próxima buscar água e notou que ela estava salgada, como se fosse água do mar. Ele avisou que a água estava diferente e que temia que alguma catástrofe fosse acontecer.

No entanto, ninguém acreditou nele a não ser seu avô. Apavorados tentaram alertar aos moradores da aldeia novamente de que teriam terras novas no horizonte, a Ilha Encantada das Sete Cidades, e era um sinal de que alguma catástrofe estava por acontecer.

Publicidade

Como se passaram alguns dias e nada realmente aconteceu, neto e avô foram até uma outra povoação para tentar vender o seu gado. Quando retornaram, a aldeia tinha sido soterrada e no lugar dela estava uma bela lagoa de águas límpidas.

Os moradores da ilha acreditam que os aldeões continuam a viver debaixo da lagoa e que as águas borbulhantes eram eles cozinhando lá no fundo.

Parque da Grená

Parque Grená - Furnas - São Miguel - Açores

É também nesta zona, junto às fumarolas, que poderá apreciar e visitar o Parque da Grená. Um espaço verde que reabriu em Dezembro de 2019. Pode saber mais detalhes, horário e preços, aqui.

Localização no Mapa

Fotos

Fumarolas, Lagoa das Furnas VII
Fumarolas, Lagoa das Furnas VII
Fotografia de ByAçores
Fumarolas, Lagoa das Furnas V
Fumarolas, Lagoa das Furnas V
Fotografia de ByAçores
Lagoa das Furnas
Lagoa das Furnas
Fotografia de Helena Botelho
Reflexos
Reflexos
Fotografia de Samuel Silva
Espelho
Espelho
Fotografia de Samuel Silva

Vídeo


Visitar a Lagoa das Furnas é realmente ver e sentir o enorme poder da natureza! 

Veja também: Locais a visitar na Ilha de São Miguel >

Publicidade


Promoções de Viagens para os Açores