Locais a visitar em São Roque do Pico, Ilha do Pico

Tempo de leitura: 9 minutos | Açores

Publicidade

São Roque do Pico é uma vila e sede de concelho na Ilha do Pico, subdividido em 5 freguesias (Santa Luzia, Santo António, São Roque, Prainha e Santo Amaro). Assim como as Lajes do Pico, São Roque do Pico foi muito marcado pela indústria baleeira.

Os seus férteis terrenos de lava deram origem a pomares de laranjeiras e vinhedos de muita qualidade, com destaque para a Casta de Verdelho.

São Roque do Pico, Ilha do Pico - Açores

Publicidade

Com muitos pontos de interesse, é possível visitar nesta localidade o Museu da Indústria Baleeira, o Convento de São Pedro de Alcântara, algumas igrejas e ermidas, além de belas lagoas e parques florestais. A sua riqueza ambiental única encanta os visitantes com características muito especiais.

Curiosidade: Há uma lenda que ronda a criação de uma famosa gíria popular em São Roque do Pico. Quando as ordens religiosas foram extintas, todos os frades tiveram que abandonar o convento São Pedro de Alcântara. Segundo a lenda, eles fugiriam em determinada noite por um corredor subterrâneo que ligava o convento ao Porto, para um local que jamais ficou conhecido. Desde então, a gíria “levar a volta dos frades” significa o desaparecimento misterioso de alguma coisa. No entanto, nem se sabe ao certo se esse túnel realmente existiu.

Publicidade

Confira abaixo os locais a não perder durante a sua estadia em São Roque do Pico:

Museu da Indústria Baleeira

Museu da Indústria Baleeira - Pico, Açores

Museu da Indústria Baleeira – Pico, Açores

O Museu da Indústria Baleeira fica localizado no Porto Comercial do Cais do Pico, onde antigamente funcionava a fábrica da Baleia da Sociedade das “Armações Baleeiras Reunidas, Limitada”.

Publicidade

Nela se fabricavam desde 1942 vitaminas, óleos, farinhas e adubos, tudo proveniente da baleia. Transformado em museu em 1994, ele mostra a importância que a caça ao cachalote imprimiu em toda Ilha do Pico.

No Museu da Indústria Baleeira é possível relembrar através da observação de apetrechos e equipamentos, o complexo processo de transformação industrial das baleias. Ele é considerado um dos melhores museus industriais do seu género.

Veja também: Museus nos Açores >

Lagoa do Capitão

Lagoa Capitão - Pico - Açores

(C) Pedro Silva

A Lagoa do Capitão é uma das mais conhecidas da Ilha do Pico. Situada a mais de 800 metros de altitude, tem uma profundidade máxima de 4,5 metros e um volume de 43 104 metros cúbicos. Circundada por uma abundante vegetação endémica da macaronésia, a Lagoa do Capitão encanta pela sua envolvente beleza natural.

Publicidade

O seu nome provém de um Capitão que era proprietário de muitas terras nos arredores da lagoa. A sua casa, apesar de encontrar-se bastante degradada, ainda é um dos melhores testemunhos da arquitetura senhorial do século XVIII.

Na Lagoa inicia um belíssimo trilho pedestre onde se contempla uma riqueza de flora e fauna imensa. É possível avistar espécies como a Erica azorica, o azevinho, o cedro-do-mato, o loureiro, o trovisco-macho e o vinhático.

A presença da Montanha do Pico que se espelha nas suas águas torna toda a paisagem ainda mais encantadora, fazendo com que essa lagoa seja uma das mais visitadas de toda a Ilha do Pico.

Lagoa do Caiado

Lagoa do Caiado - Ilha do Pico - Açores

A Lagoa do Caiado fica localizada no planalto central da Ilha do Pico, dentro da Reserva Florestal Natural Parcial da Lagoa do Caiado. Esta lagoa é a maior da Ilha do Pico com uma bacia hidrográfica com 18,8 hectares e está situada a uma altitude de mais de 800 metros.

Publicidade

Em função do alto nível de humidade da Ilha, a sua paisagem verdejante é de grande beleza natural e é possível observar diversas espécies endémicas da flora da macaronésia. Também é o melhor local para a observação de patos.

No entanto, como a Ilha está sujeita a intempéries como vento forte e nevoeiro, acaba sendo pouco visitada por observadores de aves. O seu estado ecológico é tão excelente, que desde 1993 as suas águas são capturadas para abastecimento público pela Câmara Municipal de São Roque.

Lagoa do Peixinho

Lagoa do Peixinho - Pico, Açores

A Lagoa do Peixinho fica localizada próxima das Lagoas do Caiado e da Rosada a cerca de 900 metros de altitude. A região é caracterizada por diversos cones vulcânicos e uma vegetação típica de áreas húmidas.

Num ambiente muito calmo, onde se respira paz de espírito, é possível encontrar algumas raridades da fauna dos Açores, como a piadeira-americana, o zarro-de-colar, o tartaranhão-azulado entre outros. Também é o melhor sítio da Ilha do Pico para ouvir e observar o espetáculo reprodutivo aéreo das narcejas.

Parque Florestal de Santa Luzia

Reserva Florestal de Recreio de Santa Luzia

(C) http://drrf-sraa.azores.gov.pt/

A Reserva Florestal de Recreio de Santa Luzia ocupa uma área plana de cerca de 6 hectares, recoberta por uma vegetação típica das florestas Laurissilva, onde é possível observar o pinheiro-bravo de grande altura, a faia-da-terra e o incenso. O seu chão é coberto da caruma dos pinheiros.

Publicidade

O parque arborizado propicia excelentes momentos de lazer, com equipamentos para piquenique, parque infantil, área de condição física, expositor de gamos e sanitários, privilegiando o contacto com a natureza. Devido ao seu amplo espaço e infraestrutura, por muitas vezes se realizam eventos como missas, encontros de escuteiros e festas populares.

Além da vegetação típica já mencionada, possui uma área botânica com diversos outros exemplares da vegetação endémica como a Urze, o Pau-branco, o Sanguinho e o Louro-da-Terra.

Parque Florestal da Prainha

Parque Florestal da Prainha

(C) drrf-sraa.azores.gov.pt

A Reserva Florestal de Recreio da Prainha ocupa uma área de quase 15 hectares de zonas arborizadas, com diversos equipamentos de recreio ativo e uma vista privilegiada do canal Pico – São Jorge. Os caminhos são ladeados por plantas ornamentais e recobertos por vegetação autóctone, como a urze e a faia-da-terra, além de muitos pinheiros e incensos.

Além dos diversos trilhos florestais, também é possível visitar uma casa e uma adega típica da ilha ou aproveitar deliciosos momentos de lazer nas zonas de merenda, parque infantil, polidesportivo ou zona de campismo. A vista é fantástica e o parque todo é muito bem cuidado.

Paisagem protegida da vinha do Lajido de Santa Luzia e Centro de Interpretação)

A Paisagem da Cultura da Vinha do Lajido de Santa Luzia ocupa uma área de 987 hectares e é considerada património da humanidade pela UNESCO desde 2004. É composta por dois sítios históricos (Lajido da Criação Velha e pelo Lajido de Santa Luzia) e constituem um exemplar incrível da arquitetura tradicional ligada à cultura da vinha, desde o desenho da paisagem até aos seus elementos naturais.

Dos seus campos de lava preta brotam as vinhas verdejantes, formando belíssimas paisagens naturais. A fauna e flora são muito diversificadas, com espécies endémicas raras e áreas de proteção permanente.

Na Paisagem Protegida da Cultura da Vinha – Lajido de Santa Luzia é possível visitar o Centro de Interpretação da Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico (CIPCVIP). No local, um edifício com características solarengas, é possível assistir um documentário com informações sobre este patrimônio.

Além disso, também são feitas visitas guiadas aos “lajidos”, os campos de vinha e figueira e a um alambique em pleno funcionamento. Para finalizar, pode-se degustar e comprar os deliciosos vinhos.

Publicidade

(C) Visit Azores

Horário

Todos os dias > 10h00 – 13h00 | 13h30 – 17h00

Preço

  • Criança (0 – 6 anos)1: Grátis
  • Júnior (7 – 14 anos): 1,00 €
  • Adulto (15 – 64 anos)2: 3,00 €
  • Sénior (+ 65 anos)2: 2,00 €
  • Família (2 adultos e filhos até 14 anos)3: 6,00 €
  • Residente na RAA*: Grátis

Visita Guiada ao Lajido de Santa Luzia4:

Mediante marcação prévia com um mínimo de 48 horas de antecedência. Duração da visita: 30 a 45 minutos. Número de pessoas por visita: 4 – 20

  • Criança (0 – 6 anos): 5,00 €
  • Júnior (7 – 14 anos): 5,00 €
  • Adulto (15 – 64 anos): 5,00 €
  • Sénior (+ 65 anos): 5,00 €
  • Residente na RAA: 5,00 €

Bilhete Único Lajido (visita ao Centro de Interpretação da Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico e Casa dos Vulcões):

  • Criança (0 – 6 anos): Grátis
  • Júnior (7 – 14 anos): 4,00 €
  • Adulto (15 – 64 anos): 8,00 €
  • Sénior (+ 65 anos): 4,00 €
  • Família (2 adultos e filhos até 14 anos): 16,00 €

Morada

Rua do Lajido, Santa Luzia, 9940 -108 S. Roque do Pico
Tlm. (+351) 965 896 313

Lagoa da Rosada

Lagoa Rosada, Pico - Açores

A Lagoa da Rosada fica alojada numa cratera vulcânica e rodeada de belíssimas e extensas pastagens e vegetação endémica típica da Macaronésia. A sua paisagem transmite muita tranquilidade e comunhão com a natureza.

Está próxima da Lagoa do Ilhéu e da Lagoa do Peixinho a uma altitude com cerca de 900 metros.

Piscina Natural do Cais do Pico

Piscina Natural do Cais do Pico

(C) Câmara Municipal São Roque

A Piscina Natural do Cais do Pico é composta por uma piscina natural rodeada por um jardim e com um estrutura fixa que facilita o acesso ao mar aberto. A zona balnear possui infraestrutura com zona de recreio infantil, estacionamento e condições para receber visitantes com mobilidade reduzida.

O seu fundo é constituído de laje basáltica e os seus acessos em cimento tornam-no um local tranquilo para a natação e prática de snorkeling. Além disso, a piscina natural foi distinguida com o galardão Bandeira Azul, que atesta a qualidade das suas águas.


Ao visitar a Ilha do Pico não deixe de conhecer e explorar São Roque do Pico, vale muito a pena! As suas paisagens deslumbrantes onde é possível encontrar a natureza praticamente intacta, recoberta de flora endémica e fauna, encanta a todos que a visitam.

 

Publicidade


Promoções de Viagens para os Açores